Como Rupert investe sua fortuna?

23 de mar de 2017
Hoje com 28 , Rupert começou a trabalhar aos 11 anos de idade na franquia Harry Potter, que durou uma década. O site Barron’s, especializado em notícias sobre finanças e investimentos, conversou com ele sobre a fortuna que arrecadou. Rupert contou que o dinheiro o faz sentir um pouco desconfortável.


“Acabei de comprar uma casa nova, estava em apartamento até recentemente. Uns móveis e um cachorro também. Estou ficando mais independente em termos de dinheiro.”


Confira:

Rupert, você ganhou o bilhete da loteria para atores infantis e acumulou enorme riqueza em uma idade muito jovem - esse dinheiro que entrou muito cedo na sua vida influenciou na sua identidade?

Tenho um relacionamento estranho com o dinheiro, acho, porque eu estava ganhando dinheiro em uma idade muito jovem, e eu realmente não compreendia isso. Então sempre mantive um relacionamento bastante distante dele. Eu realmente não lido com isso, não estou com as mãos nele. É bizarro saber o que fazer com esse dinheiro, especialmente naquela idade. Sempre me pareceu muito dinheiro, de certa forma.

Esse dinheiro ficava guardado?

Sim. Mais ou menos trancado. Meus pais são meio que zeladores. Passei por uma fase em que eu estava comprando só coisas ridículas. Porque essa fortuna chegou de repente - eu tinha 11 anos. Eu comprei uma van de sorvete - sempre foi um sonho meu - uma coleção de animais estranhos. Era um pouco da Terra do Nunca, de certa forma.


Isso foi uma reação por ter tanto dinheiro?

Não sei. É estranho. Na verdade isso [dinheiro] não me motiva mais. Não é algo que em que realmente penso. Nem sequer sei a quantia inteira.


Você contratou um consultor financeiro?

Tenho bons contadores. Meu pai tem sido muito prático com isso. Propriedade - Eu tenho um grande investimento agora. Acho que parece ser um lugar seguro [para se investir]. Sempre arrisquei pouco com esses tipos de coisas.

Quem te aconselhou a investir em propriedades?

Deixei meu pai lidar com isso. Acho que é importante que você possa ter alguém que está completamente do seu lado. É por isso que eu confio tanto no meu pai. Só gasto dinheiro ocasionalmente. [risos]

Se você e Daniel Radcliffe almoçarem, quem pagaria a conta?

Não sei. É sempre complicado. Isso é uma coisa muito britânica, acho. Você sempre quer pagar, não é? Acho que o dividiríamos. A última vez que jantamos, não me lembro quem pagou!

Nenhum comentário:

Postar um comentário